quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Espaço, Tempo e Silêncio em Pego do Altar...


Desta vez  a caminhada foi dentro de água :) .... oppsssss .......... 
o Google não engana ;)

Não ficámos molhados mas caminhámos num braço da Barragem Pego do Altar, que no Verão costuma ficar seco. Segundo os guias nos informaram todos os Invernos a barragem enche e todos os Verões há uma parte que fica seca. Grande parte da água que ali falta é utilizada para alimentar os arrozais da região de Alcácer.

Devido a este estado de seca a paisagem torna-se diferente e com umas cores fora do comum, tipo deserto.











































No  céu os bandos de pássaros descrevem formas geométricas.
E não passam despercebidos.
Em grupos, uns de cada vez e todos ao mesmo tempo, vão olhando e vendo, parando e comentando:

- Serão patos??
- Serão grus??

Alguém sabe?? Alguém conhece??
Alguém tem zoom suficiente para os fotografar???

Pesquisei em livros de aves e concluí que se tratam de Galeirões-comuns. Pois são pretos, e têm voar de pato mas não são patos.

Pelo caminho também encontrámos alguns animais que pastavam em liberdade.
Não faltando os famosos porquinhos pretos alentejanos.






















E até passámos por dentro de uma quinta, que nos receberam com grande ... hum.. os cães não estavam nada simpáticos.
E os perus até nos viraram costas... que mal educados!!! lol






















E fomos conversando e andando ... 






















E para trás ficou uma manhã muito bem passada,
com o grupo Amigo que também aprecia os bandos no céu.






















A Barragem Pego do Altar localiza-se geograficamente entre Alcácer do Sal e a vila das Alcáçovas.















Os  seus braços são longos, prolongando-se até próximo de Alcáçovas, na zona designada por Vale Figueira.

Copiado do Blogue: http://espaco-tempo-silencio.blogspot.pt/

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Museu da Olaria Patalim (S. Pedro do Corval)













Olaria Patalim
Rua de Monsaraz, 12, São Pedro do Corval
7200-131 Corval
38.445210, -7.481765

Fotos gentilmente cedidas pela nossa comadre e amiga Anabela Fialho.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Doce Caminhada (03DEZ16)


















Esta é a reportagem fotográfica da "Doce Caminhada" do dia 03DEZ16, caminhada de 8 kms organizada pelo Projeto Alcáçovas Outdoor Trails, no âmbito da XVII Mostra de Doçaria de Alcáçovas.
Com 12 participantes imunes á chuva e almoço-convivio no Restaurante "Esperança", em que os nossos participantes puderam degustar Sopa de Cação Limado e Sopa de Feijão e Bogango com Cação Frito.
E, como não podia deixar de ser, a sobremesa foi já na XVII Mostra de Doçaria...
A próxima caminhada gratuita organizada pelo nosso grupo será em JAN2017, em Aguiar.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Macro-fotografia (By Paulo Caldeira)









Fotografia MACRO é a fotografia de pequenos seres e objectos ou detalhes que normalmente passam despercebidos no nosso dia-a-dia;são fotografados em seu tamanho natural ou levemente aumentados através de aproximação da câmera ou fazendo uso de acessórios destinados a este tipo de fotografia; as macrofotografias são exibidas em tamanho bastante ampliado para maior impacto visual.

Classicamente, o campo da macrofotografia está delimitado pela captura de imagens em escala natural ou aumentada em até cerca de dez vezes seu tamanho natural (entre 1:1 e 10:1 de ampliação), mas uma definição precisa está cada vez mais difícil, uma vez que as muitas câmeras digitais usam sensores diminutos. Por outro lado, muitas fotos são obtidas à distância, com o uso de teleobjetivas para captura da imagem, e nem por isso a foto capturada deixa de ser uma macrofotografia. (Texto: Wikipédia)

Macro-fotografias da autoria do nosso compadre e amigo Paulo Caldeira.

domingo, 4 de dezembro de 2016

Na XVII Mostra de Doçaria de Alcáçovas





















Palavras para quê? Uma fotografia vale por mil palavras...
Esta Mostra de Doçaria já vai na sua décima sétima edição e cada ano que passa é melhor...
Compadres, ainda vêm a tempo porque encerra hoje á noite...